skip to Main Content
Andrew Neel 237802 Unsplash (1)

Você esta empolgado, e de alguma forma perdido e cheio de dúvidas sobre como vai ser essa “jornada empreendedora”?

Deixa eu te ajudar com uma dica muito importante!

A primeira coisa que você precisa fazer, para ter uma visão panorâmica do negócio que esta pensado em abrir é um Business Model Canvas.

Em resumo, é um levantamento das principais questões-chave que irão reger sua empreitada.

Sendo bem práticos, você pode começar preenchendo essa tabelinha aqui:

 

Não existe uma ordem correta para preencher essa tabelinha – cada estudo sugere uma ordem – mas então vou te passar com base nas minha experiência empreendendo.

1. Segmentos de Clientes

Primeiro e mais importante: você esta ofertando um serviço para quem?
Não adianta você ter uma ideia mirabolante, antes de pensar em quem vai querer usufruir e te pagar para isso.
Então pense em Quem é meu Público Alvo?

2. Proposta de Valor

Em seguida ou praticamente em conjunto, você precisa pensar no beneficio que esse cliente esta adquirindo. Qual seu diferencial? Qual o valor real do seu serviço? Por que você é diferente (e melhor) que todas as outras empresas do mercado que fazem o que você quer fazer?

Dica: chegando aqui, já da pra você começar a pensar num nome e numa marca. Da um gás a mais ver seu projeto nascendo e tendo uma “carinha” ♥.

3. Atividades

O que exatamente você esta ofertando para seu cliente e quais as ramificações disso? Ele esta adquirindo uma coisa só, como um app, ou uma série de serviços como consultoria, e os tipos que ele pode contratar?

Liste todos eles, detalhando o que será feito e entregue para ele.

4. Canais de Distribuição / Venda

Seu cliente já sabe que vai comprar de você porque você é demais. Mas como ele vai fazer isso? Vai ter um site, uma loja, um escritório? Ele vai falar diretamente com você, um atendente ou uma central de vendas?

Dai ele realmente esta interessado em adquirir seu serviço. Como ele paga, como ele recebe? Em quantas vezes? Em quanto tempo?

Aqui você precisa começar a pensar no operacional do seu negócio. Elabore um Fluxograma de todas as atividades, desde a entrada até a entrega e pós venda.

5. Recursos e Parceiros

Já pega a engrenagem. Conforme você esta planejando os processos da sua empresa, coloca na ponta do lápis quem e o que você vai precisar para isso? Afinal, ninguém trabalha sozinho né?

  • Recursos
    O que você precisa para produzir? (matéria-prima, equipamentos, pessoas)
  • Parceiros
    Liste quais serviços você precisa terceirizar, seja para um fornecedor, um funcionário ou um parceiro.

6. Custos

Agora ta na hora de botar a mão na massa, fazer algumas ligações e preencher uns formulários. Você precisa saber realmente e exatamente quanto vai investir no seu negócio, e quanto você precisa para conseguir realizar e entregar um serviço pro seu cliente.

Pensa assim:

  • O que você precisa para começar? (Investimento inicial)
  • O que você tem de Despesa fixa / parcelada? (Como contas de internet, luz, aluguel, a anuidade da hospedagem)
  • O que você pode ter como Despesa variável? (Transporte, alimentação, viagens)
  • Quais os custos com profissionais empregados ou terceirizados?
  • E o seu money? Vai ter retirada de pró-labore?
  • Vai investir em Marketing e Comunicação? (site, logo, patrocínio)
  • Quais os custos diretos com seu serviço? (matéria-prima, etc)
  • E impostos? Já sabe quanto vai pagar por emissão de nota?

Você pode começar usando o Controlle para gerenciar o financeiro.
(entrada (propostas) e saídas, emissão de notas, fluxo de caixa e relatórios)
Me ajudou muito no começo.

7. Receita (Preço)

Agora que você já sabe o que vai precisar para começar e trabalhar, bora calcular quanto custa o seu serviço.

É meio complicado chegar num valor certo, mas vamos pensar:

  1. Primeiro você pode pesquisar no mercado serviços semelhantes e ter como base.
  2. Sabendo disso, calcule quantos serviços você precisa vender em um mês, para pagar todos os custos do seu negócio (e sobrar pelo menos 10% de lucro livre).

O resultado você pode colocar como Meta de Venda. Afinal, você precisa vendar tudo isso para não fechar o mês no negativo.

O importante é que a unidade da venda cubra todos os custos direto, e sobre uma margem boa de lucro para empregar nas demais despesas.

Mas não se desespere, muitos negócios demoram para alcançar o Ponto de Equilíbrio financeiro. O normal é que demore pelo menos 15 meses até que isso aconteça. Então não se desespere caso fique no vermelho nos primeiros meses. Mas faça uma previsão para inverter isso quanto antes.

8. Relacionamento / Atendimento

Por fim, vamos falar de Atendimento. Você como um bom cliente de outras empresas, sabe o diferencial que é um atendimento rápido e claro. Desde o primeiro contato até o pós-venda e suporte.

Então pense,

  • Por onde você vai atender seu cliente?
    (telefone, chat no site, redes sociais, e-mail)
  • Como vai ser essa comunicação?
    (formal, polida, mais amigável, irreverente, etc)
  • Quem vai prestar cada tipo de atendimento?
    (primeiro contato, questões financeiras e administrativas, suporte, etc)

 

E é isto pessoal.

Se você tem uma ideia de negócio, comece pensando a viabilidade dele através desse checklist resumidão.

E para facilitar sua vida – lógico – o SEBRAE disponibiliza o Canvas para ser preenchido online, e quantos você precisar criar, de grátis!

Button Text

Photo by Andrew Neel on Unsplash

 

Back To Top
Search